You are here
Música Musicais 

Hamilton: An American Musical [Resenha]

Hamilton: An American Musical é um musical sobre a vida do pai-fundador americano Alexander Hamilton, também conhecido como o cara que aparece na nota de 10 dólares. Hamilton se dedicou à luta pela independência americana, tornou-se assistente do general George Washington e, mais tarde, quando o general virou presidente, foi alçado a primeiro secretário do Tesouro americano, entre 1789 e 1795.

O musical tem concepção, música e letra de Lin-Manuel Miranda, inspirado pela biografia Alexander Hamilton, do historiador Ron Chernow. Hamilton estreou Off-Broadway no Teatro Público de New York, em fevereiro de 2015, onde os ingressos se esgotaram. O show transferiu-se para a Broadway em agosto de 2015, no Richard Rodgers Theatre. Já um fenômeno, lá foi ainda mais aclamado pela crítica, e os ingressos esgotaram ainda no período de venda antecipada. Em 2016, o musical foi nomeado para um recorde de 16 Tony Awards e venceu 11, incluindo o de Melhor Musical.

Hamilton é um musical de hip-hop, rap, R&B, jazz, ritmos caribenhos, ou seja, nada do que estamos acostumados quando pensamos em musicais da Broadway. Lin-Manuel Miranda, que escreveu as musicas da animação Moana de 2017, estrela o musical no papel de Alexander Hamilton, com Leslie Odom Jr. no papel de Aaron Burr, vice-presidente americano. A história acompanha a vida de Hamilton, como um órfão do Caribe que, aos dezenove anos, mudou-se para as colônias americanas, sendo um grande apoiador da Independência Americana.

A representatividade, com um elenco tão diverso quanto os ritmos das musicas, é uma peça muito importante para a criação da musical em si. Só tem um ator branco no elenco todo e ele interpreta George III, o Rei da Inglaterra na época da independência. Esse tema é tão importante para Lin-Manuel Miranda que, nos próximos castings da peça, nenhum papel principal estará ligado à gêneros, poderemos ver uma atriz interpretando George Washington ou Aaron Burr.

Além disso, o musical empodera personagens que são comumente esquecidos como as irmãs Schuyler. Eliza e Angelica, esposa e cunhada de Alexander, foram responsáveis por divulgar e valorizar os numerosos estudos de Hamilton, portanto ganham o destaque e a importância merecidos.

musical

Como aqui no Brasil estudamos muito pouco da história americana, é uma experiência muito interessante de divertida conhecer a história de uma figura tão importante para os Estados Unidos através de um musical tão empoderado, original e bem produzido.

Vale a pena conferir a playlist do musical no Spotify:

Related posts

Leave a Comment